Fones JBL Everest

JBL e Google lançam caixas e fones smart: Link Bar, Link View e Everest GA

O soundbar Link Bar, o smart display Link View e os fones de ouvido Everest 710GA e 110GA são os aparelhos de som inteligentes da parceria entre JBL e Google. Os dispositivos, apresentados na IFA 2018, contam com o Google Assistente embutido. A tecnologia de voz é capaz de controlar o aparelho apenas por comandos sonoros. É possível, por exemplo, pedir para tocar um vídeo no YouTube ou uma música no Spotify sem a necessidade de um celular conectado. O recurso tem sido adotado também por outras empresas, como a Bose e a Sony, que utilizam o assistente Alexa da Amazon.

Todos os aparelhos ganharam novos detalhes e preço na Europa. O Link Bar e o Link View estão previstos para chegar no Brasil em 2019, enquanto os fones permanecem sem data definida. Confira abaixo os detalhes de todos os produtos resultantes da parceria da JBL com o Google.



JBL Link Bar

Por fora, o Link Bar não é muito diferente dos outros soundbars. Ele possui três entradas HDMI e uma saída HDMI ARC, entrada de cabo óptico e, auxiliar e entrada Ethernet. Além disso, tem potência de 100 W, suporte a vídeos em até 4K, compatibilidade com a Dolby Vision e HDR10 e, conectividade Bluetooth, com capacidade de reprodução de músicas com resolução de até 24 bits e 96 kHz.

O soundbar inteligente também dispõe de duas tecnologias do Google integradas: o Assistente e o Chromecast. Com elas é possível, por exemplo, fazer perguntas ao Assistente sem precisar pausar a reprodução de um vídeo ou uma música.

Segundo a JBL, a ideia é que o Link Bar sirva como um “hub”, no qual outros aparelhos (como videogames e tocadores de Blu-Ray) podem se conectar e serem acionados via comando de voz. Com o objetivo de evitar qualquer problema relacionado à segurança e privacidade, é possível desligar os microfones do soundbar com o sistema PrivacySwitch.

O Link Bar é comprido e robusto: mede 102 cm por 9,3 cm e tem 6 cm de altura. O preço de lançamento na Europa será de 399 euros (cerca de R$ 1.900, em conversão direta) e estará à venda a partir do segundo semestre de 2019. O valor no Brasil ainda não foi anunciado pela JBL.



JBL Link View

O mais recente investimento do Google é o chamado smart display (ou tela inteligente), gadgets capazes de reproduzir vídeos no YouTube, fazer chamadas de vídeo e mostrar imagens do Google Fotos, entre outras possibilidades por meio de instruções de voz. Seu maior concorrente atual é o Echo Show, da Amazon, com a assistente pessoal Alexa.

Com uma tela de oito polegadas, o JBL Link View pretende oferecer também, uma qualidade de som para ninguém botar defeito. O dispositivo vem com um radiador passivo dedicado, o qual reproduz graves intensos e com falantes que chegam até a 20 W de potência. Graças ao Chromecast embutido, é possível ainda tocar músicas de até 24 bits e 96 kHz.

Um recurso curioso do dispositivo é a certificação IPX4, ou seja, é à prova de respingos de água. Isso porque, talvez, o smart display tenha sido projetado para quem gosta de fazer atividades na cozinha e precisa de uma ajuda de vez em quando. Por exemplo, na busca de uma receita na Internet, sem a necessidade de usar as mãos.

O Link View tem 33,2 cm de largura por 10 cm de espessura e 15,2 de altura. Ele terá custo 299 euros (cerca de R$ 1.412) no mercado europeu e deve chegar ao Brasil em 2019.

Fones Everest GA

Fones de ouvido JBL

A tendência de fones de ouvido Bluetooth inteligentes tem sido a aposta da JBL com sua linha de fones high end Everest GA (de Google Assistente). Devido à tecnologia de voz inteligente é possível realizar algumas ordens simples no smartphone, como ouvir notificações, mudar de música e até enviar mensagens, sem precisar tirar o aparelho do bolso.

O headphone Everest 710GA e o fone in-ear 110GA têm um recurso em comum: o ShareMe 2.0, apto para compartilhar a mesma fonte de áudio (música, game ou vídeo) com outros fones Bluetooth. Eles também dispõem de microfone com redução de ruído, para conversas ao telefone com qualidade de som; e baterias que são carregadas completamente em até duas horas. No caso do 710GA, a duração média é de 25 horas; enquanto no 110GA, a bateria dura até oito horas por carga.

O Everest 710GA usa drivers dinâmicos de 40 mm e tem uma resposta de frequência de 10 Hz até 22 kHz. O preço anunciado é de 250 euros (aproximadamente R$ 1.170). Já o Everest 110GA conta com drivers dinâmicos de 5,8 mm e também tem uma resposta de frequência de 10 Hz até 22 kHz. Ele será vendido na Europa por 100 euros (cerca de R$ 472). Não há previsão para a chegada desses fones no Brasil.

Fonte: Tech Tudo



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *