Mulher Nua na Piscina

De restaurante a cruzeiro, não faltam opções para adeptos do nudismo

Muito além das praias e parques. Os viajantes fãs de naturismo têm diversas opções para curtir as férias sem se preocupar muito em se vestir. De cruzeiros até jantares em que as pessoas confraternizam como vieram ao mundo, confira alguns:

Cruzeiro. A Bare Necessities Tour & Travel é uma das empresas que tem passeios pelo Caribe, Pacífico Sul e Mediterrâneo em navios de cruzeiros exclusivos para naturistas. O “Big Nude Boat” passa por locais como as Bahamas, o México e a Jamaica e as embarcações contam com diversas atrações, como bares, discoteca, cassino e shows.

Para viajar pelado pelos mares, há regras: os viajantes devem ter uma toalha com eles o tempo todo, para colocar em superfícies onde vão se sentar. Também não podem tirar fotos e vídeos nas áreas demarcadas com o sinal de “zona sem foto” ou em qualquer local sem a permissão de outros.

Hospedagem. O Naturism Bnb é um site de aluguel de imóveis por temporada totalmente voltado para o nudismo. O serviço, que vale para anfitriões e hóspedes, reúne propriedades variadas, que vão de chalés no campo a apartamentos em áreas urbanas, cabanas na praia, veleiros e até casas na árvore.

O continente com o maior número de imóveis inscritos é a Europa. Há propriedades também em diversas cidades dos Estados Unidos. México e países no Caribe também têm ofertas e, na África, Marrocos e na África do Sul estão na lista.

As regras são: respeitar as áreas onde o nudismo é admitido, carregar sempre uma toalha consigo, tomar uma ducha antes de entrar em uma sauna ou piscina, nunca fotografar alguém sem permissão e não se comportar de maneira sexual.

Restaurante. Há restaurantes exclusivos para nudistas em algumas cidades do mundo, como Londres, Tóquio e, desde o ano passado, Paris. No “O’Naturel”, que abriu no final de 2017, o cliente deixa a roupa – e o smartphone -, no guarda-roupa e fica somente com as sapatilhas oferecidas pela casa. As cadeiras são forradas com um tecido preto “de uso único”. Os pratos do restaurante custam 49 euros.

Fonte: O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *